quarta-feira, 30 de julho de 2014

Com 43%, Armando Monteiro lidera 1ª pesquisa Ibope em Pernambuco

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (30) mostra Armando Monteiro (PTB) com 43% das intenções de voto para governador de Pernambuco. Em seguida, aparecem Paulo Câmara (PSB) com 11%, Zé Gomes (PSOL) com 2%, e Jair Pedro (PSTU), Miguel Anacleto (PCB) e Pantaleão (PCO), os três empatados com 1%.
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. 
Confira abaixo os números do Ibope, segundo a pesquisa estimulada, em que os nomes de todos os candidatos são apresentados ao eleitor:
Armando Monteiro (PTB): 43%
Paulo Câmara (PSB): 11%
Zé Gomes (PSOL): 2%
Jair Pedro (PSTU): 1%
Miguel Anacleto (PCB): 1%
Pantaleão (PCO): 1%
Brancos e nulos: 19%
Indecisos: 22%
A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 de julho. Foram entrevistados 1.204 eleitores em 57 municípios do estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos, a  probabilidade do resultado retratar a realidade é de 95%.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) sob o número 00012/2014, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 00269/2014.

do g1

Comerciantes entregam pauta e Armando promete incluir demandas no plano de governo

PALMARES - Um grupo de comerciantes liderados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Palmares entregou, nesta terça-feira (29), uma pauta com reivindicações a Armando Monteiro (PTB), candidato a governador de Pernambuco, para soerguer e dinamizar a economia do município e da Mata Sul. Entre os pleitos está a desapropriação de terrenos para a construção de um polo industrial em Palmares. Segundo Armando, as demandas serão analisadas e devem ser incorporadas ao plano de governo, que está em fase de conclusão.

Além das desapropriações para a construção de um polo industrial, a pauta sugere a formulação de programas de estímulo à agricultura familiar; a implantação de um centro de distribuição de alimentos para auxiliar o pequeno produtor; o fomento de projetos turísticos para incluir o distrito de Serro Azul, em Palmares, no roteiro de turismo rural; entre outras demandas.

As sugestões dos comerciantes buscam suscitar novas alternativas econômicas que passam ao largo da dependência da cultura canavieira, segmento que, atualmente, está em crise no Estado. Durante o encontro, as lideranças comerciais se comprometeram em entregar a Armando Monteiro um estudo que apontará as novas opções e vocações para os municípios da Mata Sul. O levantamento deve ser concluído no final de agosto.

Para Armando, o Estado precisa adotar uma visão integrada e investir em infraestrutura e na educação, sobretudo, para dar uma guinada na atual situação da Mata Sul. O candidato a governador também defendeu uma conjugação de frentes de trabalho para alavancar a economia, fomentando novas opções econômicas para a região.

"Precisamos encontrar alternativas econômicas para Palmares e para a Mata Sul. E a sociedade deve contribuir com o Estado. Para tanto, deveremos incorporar algumas dessas demandas apresentadas ao nosso programa de governo, para que possamos adotar medidas que tornem a economia da região mais dinâmica", afirmou o candidato.

O candidato a vice da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Paulo Rubem Santiago (PDT), colocou que a situação da Mata Sul se assemelha ao estado clínico de um paciente internado na UTI. "Diante disso, precisamos atuar como uma equipe multidisciplinar, com várias frentes de trabalho, com o foco na educação", ponderou o pedetista.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Agenda de Armando Monteiro‏ para hoje

Agenda de Armando Monteiro (PTB), candidato a governador da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, nesta terça-feira (29):
 
9h – Caminhada pelo comércio de Palmares
Local: Rua Luiz de França, Centro, Palmares - Pernambuco
Ponto de referência: Em frente à praça central
 
11h -  Entrevista na rádio Cultura de Palmares 1450 AM
 
13h - Almoço com lideranças no hotel Poeta dos Palmares
Local: Rodovia BR 101 Sul, s/n, KM 117, Palmares - Pernambuco

15h – Visita à comunidade Serro Azul

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Vilma da Prata fala sobre a falta de respeito ao poder legislativo

Em sua pagina de relacionamento no facebook a vereadora falou sobre a falta de respeito ao poder legislativo.

FALTA DE RESPEITO AO PODER LEGISLATIVO
Gostaria de iniciar esse comentário afirmando que não tenho nada contra a pessoa do gestor municipal sou bastante coerente ética democrática e responsável diante de todos os projetos que chegam na câmara tenho consciência de minha responsabilidade como Legisladora, representante do povo de Saloá e não apenas dos meus eleitores.
Apoio todos os projetos e ações desde que tenha clareza e a sua essência favoreça os anseios especialmente do povo mais necessitado. Meus discursos não são vazios, raivosos nem inconsequentes, espero pacientemente por resposta, tanto que tem pleito que reiterei por mais de três vezes e ainda esperei tinta sessenta e até quase um ano para depois procurar o Tribunal e o ministério público. Quero tornar ciente a população que mesmo com muita dificuldade temos contado com o apoio do TCE e do Ministério público e judiciário. Minha responsabilidade com representante do povo é questionar discordar quando necessário e acompanhar as ações do executivo. Essa é minha principal atribuição como vereadora cargo dado pelo povo de Saloá que gozo dos poderes de fiscalizadora que me foi concedido. Não pense que é fácil ser oposição em um município aonde está fincada as atitudes de coronelismo herdado desde a ditadura. Sofremos retaliação, piadas muita cara feia e preciso coragem e determinação. Tenho vergonha hoje de dizer sou vereadora e desde o início do mandato cobro a xeroc dos contratos dos funcionários vinculados neste município com seus devidos salários. Apresentei requerimento por mais de três vezes e foi aprovado por todos os edis presentes e até o momento nunca tivemos resposta mais em nenhum momento me sinto intimidada, nem desistimos quando nossas forças se esgotam vamos buscar apoio e apelamos para o ministério público .Isso não só representa falta de respeito a minha pessoa mas a câmara. Porque qualquer vereador que apresenta um requerimento e é aprovado, torna-se uma lei não do vereador que foi autor mas aprovado pelo poder Legislativo.
Lembro ainda que de acordo com a Lei orgânica em seu art. 16- constitui crime. São infrações político administrativa do prefeito a julgamento pela câmara e sancionadas com a Cassação do mandato. Pelo voto de dois terços de seus membros.
I- Impedir o funcionamento regular da câmara;
II- Impedir o exame de livros, folhas de pagamento e demais documentos;
III-Desatender sem motivo justo e comunicado no prazo de trinta dias, as convocações e pedidos de informações da câmara. Existem ainda outros artigos tanto na lei orgânica como no regimento interno da câmara que obriga o poder executivo prestar conta de suas ações ao poder legislativo.
A administração municipal também não respeita a LC 131. Que determina a criação do portal da transparência. O munícipio tem que ter o portal de transparência e alimentar os dados. Assim como câmara municipal que criou o portal no entanto não mantém os dados alimentados Também não sabemos que são os funcionários da câmara nem os convênios firmados com a casa. Tudo isso não significa descaso só com os vereadores, mas com a população e as leis. isso significa desrespeito no seu sentido verdadeiro não só com os vereadores, mas com a população. Isso é crime e cabe a intervenção dos órgãos competentes TCE Ministério público judiciário. As leis são claras e devem ser cumpridas muitas dessas atitudes foram vivenciadas durante muito tempo mas não tem como permanecer nos dias atuais. Acordem.....
Veja os últimos pedidos que entregamos ao Ministério Público
Vilma da Prata Quero fazer uma correção das minhas palavras quando me refiro aos funcionários da câmara tenho conhecimento de quatro funcionários mais os demais........



Mesmo com chuva, Armando é recebido por mais de 3 mil em Canhotinho

Mesmo com uma chuva torrencial que caiu em boa parte do Estado na noite deste domingo (27), mais de três mil pessoas compareceram ao ato promovido pelo candidato a deputado estadual de Álvaro Porto (PTB), em Canhotinho, no Agreste Meridional. Armando Monteiro (PTB), que disputa o governo do Estado pela Coligação Pernambuco Vai Mais Longe, marcou presença na festa do ex-prefeito da cidade, assim como lideranças políticas da região.
 
Em seu discurso, Armando voltou a defender a necessidade de manutenção da parceria entre o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) e Pernambuco. "Para crescer com qualidade de vida, é essencial para o Estado a reeleição da presidente Dilma. E com um companheiro como Alvaro Porto na Assembleia, a região terá mais força", afirmou.
 
Porto enfatizou o compromisso de Armando com Canhotinho e cidades vizinhas. "É por isso, mesmo com a chuva, que está multidão está aqui. Com Armando, poderemos atrair indústrias para a nossa região", destacou.

lajedo: Criança morre em acidente

Uma menina de seis anos morreu em um acidente na noite do domingo (27) na PE-180 emLajedo, no Agreste de Pernambuco, próximo ao Sítio Salgadinho. De acordo com a Polícia Militar, a vítima era passageira de um carro de passeio que estava parado no acostamento por causa de problemas mecânicos. O condutor de um ônibus que seguia o mesmo sentido da rodovia não teria visto o veículo, o que ocasionou a colisão.
Ainda segundo a PM, com a batida, a criança morreu no local. Outras duas pessoas teriam ficado feridas e foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) em Caruaru, no Agreste. Ninguém do ônibus ficou ferido.

domingo, 27 de julho de 2014

Curso Técnico em Alimentos em Garanhuns

O Centro Tecnológico Instituto de Laticínios do Agreste (CT Laticínios) lançou hoje (25) novo processo seletivo para o preenchimento de 175 vagas em cursos técnicos de nível médio, as inscrições poderão ser feita no dia 28/07 a 08/08 para o curso Técnico em  Alimentos em Garanhuns. O valor da taxa de inscrição é de R$ 24,00, a ser paga na rede bancária até o dia 11 de agosto. As provas serão realizadas no dia 17 de agosto. O edital está disponível no site do Itep (www.itep.br).

Podem se candidatar estudantes que estejam cursando a 2ª ou 3ª série do Ensino Médio ou ter concluído o Ensino Médio, para o ingresso nos cursos técnicos de nível médio, na forma concomitante ou subseqüente, respectivamente. 

Os candidatos que têm interesse em solicitar a isenção da inscrição devem indicar no formulário de inscrição o número do Cadastro Único para Programas Sociais e seguir o indicado no edital.

No Centro Tecnológico Instituto de Laticínios do Agreste (CT LAT) oferece 15 vagas no curso de Alimentos, no horário da manhã.

PROVA – A prova escrita objetiva será constituída das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, cujos conteúdos programáticos estão contidos no edital. Serão 40 questões objetivas de múltipla escolha. A prova terá duração de três horas, sendo aplicada no dia 17 de agosto, das 14h às 17h. O resultado da prova objetiva será divulgado no dia 22 de agosto, no site do Itep, mediante publicação da relação nominal de candidatos com a nota respectiva. O dia das matrículas será divulgado no mesmo dia 22 de agosto. O início previsto das aulas é 1º de setembro.

Inscrições e mais informações:
Centro Tecnológico de Cultura Digital – CTCD, localizado a Av. Jardim Brasília, s/n, Bloco F, Bairro Peixinhos, Recife – PE, das 8h às 12h, 13h às 17h e das 19h às 21h.
Centro Tecnológico Instituto de Laticínios do Agreste – CT LAT, localizado a Av. Bom Pastor, s/n, Bairro Mundaú, Garanhuns – PE, das 8h às 12h e das 13h às 17h.
Centro Tecnológico do Agreste – Unidade Caruaru – CT MODA, localizado a Av. Dalton Santos, 319, Bairro São Francisco, Caruaru – PE, das 8h às 12h, 13h às 17h e das 19h às 21h.
Centro Tecnológico do Araripe – CTA, localizado a Rua Antônio Alexandre Alves, 112, Bairro Vila Santa Isabel, Araripina – PE, das 8h às 12h, 13h às 17h e das 19h às 21h.